Deborah Secco
Deborah Secco (Reprodução)

Sem papas na língua, Deborah Secco resolveu abriu o jogo sobre machismo e disse que o estereótipo de mulher fatal pode ter danificado um pouco sua trajetória como atriz. A famosa cedeu uma entrevista ao programa Eduardo Sterblitch, Não Tem Um Talk Show.

Sou uma pessoa muito intensa. Então, a imprensa gostava muito de ficar atrás de mim. E, por conta disso, perdi a imagem de cult, virei uma pessoa muito popular e isso me prejudicou, talvez, profissionalmente. Porque as pessoas são preconceituosas”, afirmou.

Me odeiam porque eu sou uma mulher livre, uma mulher independente. As pessoas acham que ‘não tem que fazer uma foto assim’, ‘não tem para que falar de sexo’, ‘não tem para que se posicionar quanto isso ou quanto aquilo'”, analisou ela em relação ao machismo que assola mulheres.


Aliada da diversidade, Deborah já se manifestou várias vezes em prol de causas LGBT. Além do mais, a famosa causou polêmica recentemente após afirmar que transa dez vezes ao dia.