Após beijo lésbico, game The Last of Us é banido do Oriente Médio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O game The Last of Us Part II tem gerado polêmica nos últimos dias, após jogadores do Oriente Médio não conseguirem mais acessa-lo. Muitos acreditam que a PlayStation está sendo boicotada no país.

A instabilidade no jogo surgiu logo após ser divulgado um trailer com a cena de beijo entre duas personagens mulheres. Além disso, o game também conta com nudez e cenas de violência.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Questionada por um de seus jogadores, a Sony, empresa que produziu o game, confirmou que The Last of Us realmente foi banido de diversos países do Oriente Médio, mas não afirmou o motivo.

“Se o jogo não existe na loja digital regional, ele foi banido pelas autoridades locais do país e não podemos fazer nada em relação a isso. Espero que isso ajude, mas se precisar de algo mais, nos avise!”, disse o comunicado.

Vale destacar que esta não é a primeira vez que algo voltado à comunidade LGBTQ+ é boicotado na região. Recentemente o filme Dois Irmãos, que conta com uma personagem lésbica foi reeditado para passar nos cinemas locais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio