Anderson Cooper || Créditos: Reprodução
Anderson Cooper Créditos: Reprodução

Para incentivar ainda mais a representatividade, o jornalista norte-americano, Anderson Cooper mandou seu recado ao vivo, em uma das atrações desta terça-feira (12), na CNN. O profissional destacou que ser gay é uma bênção.

Eu acho que aceitei muito bem. E não apenas aceitei de boa, mas inclusive abracei o fato de que fui um jovem gay recém-saído da universidade nos anos 1980 que me adorava como era”, disse Cooper, ao responder uma telespectadora.

Eu sempre adorei viajar e sempre quis ter uma família, então não ter a possibilidade de realizar esses sonhos era algo que não estava na minha visão de futuro naqueles tempos”, contou.


“Mas, ao mesmo tempo, decidi que não deveria ficar só querendo as coisas e fui atrás de tudo que desejava. E por isso ser gay fez de mim uma pessoa melhor, e até mesmo um repórter melhor”, completou o apresentador.