Antoni Porowski do Queer Eye (Reprodução/Instagram)
Antoni Porowski do Queer Eye (Reprodução/Instagram)

Conforme reportamos, o Parlamento Europeu condenou a Polônia por violações aos direitos LGBT e exigiu que a União Europeia tome medidas cabíveis contra a política de cerceamento de direitos do país. Desde 2004, a Polônia é membro da UE.

Nesse sentido, o astro de Queer EyeAntoni Porowski, ator nascido no Canadá, mas com raízes polonesas, manifestou-se a respeito. “Se a Polônia quer fazer parte da UE, então eles têm que se comportar de acordo”, disse Porowski.

“Ter seu próprio povo excluindo sua própria população parece muito absurdo e contraintuitivo para a história polonesa”, afirmou Porowsk. A entrevista foi concedida à Thomson Reuters Foundation.


O presidente controverso Andrzej Duda, que pertence ao partido de direita PiS (Lei e Justiça), foi eleito no final de julho para um segundo mandato de cinco anos. Ele é um crítico ferrenho de pautas LGBT.