Antoni Porowski, de ‘Queer Eye’, fala sobre repressão LGBT na Polônia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conforme reportamos, o Parlamento Europeu condenou a Polônia por violações aos direitos LGBT e exigiu que a União Europeia tome medidas cabíveis contra a política de cerceamento de direitos do país. Desde 2004, a Polônia é membro da UE.

Nesse sentido, o astro de Queer EyeAntoni Porowski, ator nascido no Canadá, mas com raízes polonesas, manifestou-se a respeito. “Se a Polônia quer fazer parte da UE, então eles têm que se comportar de acordo”, disse Porowski.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ter seu próprio povo excluindo sua própria população parece muito absurdo e contraintuitivo para a história polonesa”, afirmou Porowsk. A entrevista foi concedida à Thomson Reuters Foundation.

O presidente controverso Andrzej Duda, que pertence ao partido de direita PiS (Lei e Justiça), foi eleito no final de julho para um segundo mandato de cinco anos. Ele é um crítico ferrenho de pautas LGBT.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio