Acusado de agredir brutalmente LGBT em PE é preso

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Acusado de agredir e estuprar um jovem de 23 anos em Moreno, Pernambuco, Robson da Silva Alexandre foi preso na manhã de quinta-feira (1). Ele estava foragido desde dezembro de 2018.

Rememorando o caso, no dia 7 de dezembro do ano passado, o estudante estava em um bar com os amigos comemorando uma aprovação e foi vítima de um crime brutal. O rapaz foi assaltado e brutalmente agredido. Ao chegar no hospital, “foi constatado varias lesões no corpo, cabeça, lesões no pulmão e traumatismo craniano”. Ele foi operado às pressas para a retirada de um coágulo no cérebro e ficou em estado de coma por cerca de um mês.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesse sentido, um jovem fez uma postagem nas mídias sociais, que contabilizou mais de 20 mil compartilhamentos. Assim, o caso de Jefferson Cruz, o Jeff, veio à tona. “Estou feliz, muito feliz e aliviada. Agora, só peço que Deus me ajude a perdoar esse homem, mas é difícil, viu?”, desabafa a mãe.

“Meu filho está reagindo ao tratamento, faz fisioterapia quatro vezes por semana e, amanhã, vem a fonoaudióloga para uma visita. A médica disse que ele entende tudo o que eu digo e faço. Agora, já mexe os pés e pisca. Nesse fim de semana, meu netinho, sobrinho do Jeff, está aqui. Ele não larga o tio. Fica toda hora acarinhando o pé dele”, conta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio