Live de ator pornô gay vira caso de polícia e gera polêmica na web

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma live de sexo gay acabou em caso de polícia na noite desta terça-feira (14). A polêmica aconteceu com o ator pornô Edu Albuquerque, conhecido na internet como dono da produtora Irmãos Dotados.

Através de seu perfil do Instagram, Edu compartilhou um vídeo informando que a live de sexo explícito foi interrompida após cerca de cinco viaturas bloquearem a porta de sua casa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, o ator pornô afirmou que foi agredido por policiais. “Fui agredido dentro da minha própria casa, me empurraram aqui no portão. Tem PMs aqui, abordaram meu amigo. Eu fui saindo para saber o que aconteceu e me empurraram”, diz Edu no vídeo.

O caso polêmico envolvendo Edu Albuquerque ocorre poucos dias depois da live de sexo explicito de Victor Ferraz. Até então uma novidade, a transmissão “proibidona” acabou movimentando a internet e tendo mais de 50 mil pessoas online.

https://twitter.com/mthsexplicit/status/1250285644984668163
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio