Andressa Urach e Viviany Beleboni (Reprodução)
Andressa Urach e Viviany Beleboni (Reprodução)

A modelo trans Viviany Beleboni abriu um processo contra Andressa Urach nesta semana, após ser vítima de transfobia. Ela pede indenização de R$ 104,5 mil por danos morais.

Viviany acusa Andressa de usar a sua imagem indevidamente em suas redes sociais, ao ser associada a uma “vida de pecados” e do “fim dos tempos”, em uma publicação que ela critica a sociedade atual.

A imagem utilizada por Andressa foi registrada na Parada LGBT de São Paulo de 2015, onde Viviany causou ao surgir como Jesus Trans. Na época, a encenação gerou polêmica e muitas críticas ao evento anual.


“Ela pegou uma foto e pôs num montante de outras coisas com as quais eu não concordo. Não tem nada a ver com a situação que eu protestei. Ela jogou tudo numa caixa só”, explicou a modelo ao portal Uol.

Viviany ainda afirmou ter sido vítima de ataques em suas redes sociais, desde a publicação da repórter da TV Record. “O problema é que depois [da mensagem], várias pessoas entraram nas minhas páginas para fazer todo tipo de ameaça. Recebo mensagens de pessoas desejando câncer e morte para a minha família”, complementou.

“Quem é Andressa para falar de moralidade? Ela tem histórico de prostituição, de incesto, zoofilia. Ela disse isso no seu próprio livro. Ela tomou um ‘chá de hipocrisia’ depois de se tornar evangélica e agora vem falar de moralidade”, disparou.

Publicação de Andressa (Reprodução)