Bad Bunny (Reprodução)
Bad Bunny (Reprodução)

Durante sua passagem nesta sexta-feira (27) pelo programa The Tonight Show, apresentado por Jimmy Fallon, o rapper Bad Bunny protestou contra a morte de uma transexual em Porto Rico.

Como forma de chamar atenção para o caso de transfobia ocorrido em seu país natal, Bunny usou uma camisa onde tinha escrita a seguinte frase: “eles mataram Alexa. Não um homem com saia”.

Conforme informações da mídia local, Alexa foi assassinada no início deste ano apenas por tentar usar um banheiro feminino do MC Donalds. Ela foi morta com disparos de arma de fogo.


Totalmente fora dos padrões do hip-hop, Bunny tem se destacado e chamado a atenção de jovens da comunidade LGBT+. Mostrando ser um homem desconstruído, o artista chega a usar acessórios considerados femininos em seu estilo.

Em entrevista à revista Paper, Bunny falou sobre a identificação de jovens LGBTs com sua música: “É uma mensagem de respeito, de liberdade. Eu acho que eles se sentem confortáveis, e eles se sentem, eu não sei, tipo uma parte do que estou fazendo. Eles não se se sentem excluídos do grupo, mas em vez de, tipo, ‘Nós somos queridos aqui; nós podemos ser nós mesmos aqui”.