A prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) usou sua conta do Twitter para comentar a polêmica gerada durante o feriado de Carnaval que envolveu um áudio onde ela comentava sobre um local frequentado pelo público LGBT.

No áudio que falava sobre o fechamento de um bar frequentado por homossexuais, Cinthia dizia que o espaço “não é uma coisa sociável, é uma coisa baixo clero mesmo. Uma coisa louca”.

Gravado em 2019, durante uma conversa particular com apenas uma pessoa, o áudio gerou grande polêmica e a prefeita foi alvo de várias críticas pelas redes sociais.


“Falei hoje pela primeira vez sobre a polêmica ocorrida no Carnaval com um áudio (de 2019) contendo a minha voz. Trecho de uma conversa privada (com uma única pessoa), em que expressei uma opinião precipitada, no auge de uma crise”, escreveu ela no Twitter.

“Consegui recuperar toda a conversa, tirada de contexto e estou me precavendo para que conteúdos privados não sejam vazados novamente de forma criminosa e com objetivo eleitoreiro”, completou.

A prefeita também pediu desculpas a quem se sentiu ofendido pelo áudio. “Admitir um erro é tão humano quanto errar #quemnunca? Me desculpo, sinceramente com os que se sentiram atingidos pelo áudio em questão. Sigo no propósito de fazer uma gestão para todos, independente das minhas crenças pessoais”, disse a gestora.