Vinícius Peres e Antônio Marcos (Reprodução/G1)
Vinícius Peres e Antônio Marcos (Reprodução/G1)

A polícia conseguiu identificar os homens suspeitos de praticarem um ataque homofóbico contra um casal gay na cidade de Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro.

Conforme informações do G1, os homens foram autuados por ato de injúria qualificada e lesão corporal. Os suspeitos foram ouvidos e confessaram a agressão, mas negaram que foi por motivação homofóbica.

Em depoimento à polícia as vítimas afirmaram que as agressões se iniciaram após eles fumarem um cigarro em uma lanchonete. As vítimas declararam que sentaram em uma mesa distante, para não incomodar ninguém, mas mesmo assim foram repreendidas.


“Creio que foram uns 15 minutos de agressão. Pessoas tentaram ajudar, mas foi uma cena horrível. Não desejo isso para ninguém, nem para o meu pior inimigo. É péssimo.” explicou Vinícius Peres.

Vale destacar que que desde junho do ano passado a discriminação por conta da sexualidade, é considerado crime no Brasil. Caso seja avaliado pela justiça, o criminoso pode ter pena de até três anos de prisão.