Pastor americano Perry Stone
Perry Stone - (foto: reprodução culto em Tenessi)

Um pastor americano usou seu canal para dizer que casamento gay é o grande culpado pelo coronavírus. O pregador de uma igreja em Cleveland no Estado de Tennessee, USA, acha que o coronavírus é uma resposta ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Perry Stone disse a seus apoiadores em sua igreja que a pandemia global – que matou mais de 17.000 e infectou 390.000 até agora em todo o mundo, é um “acerto de contas” de Deus pela igualdade no casamento e pelo aborto.

Segundo a Right Wing Watch, Stone disse: “Se este é um momento de acerto de contas, e eu sei que é, eu sei o que ouvi, não inventei isso. Eu ouvi audivelmente a frase, uma voz masculina falando, e acredito que era o Espírito Santo.


“Por que há um acerto de contas? Porque, por lei, forçamos Deus a sair de nosso país e basicamente lhe disse: ‘Em lugares públicos, você não é bem-vindo.’ Você não é bem-vindo em nossas escolas, então nossas escolas estão encerradas”.

Pastor americano Perry Stone em sua pregação (vídeo Right Wing Watch)

Stone continuou dizendo que o coronavírus é uma resposta direta à falta de oração na escola, ao aborto e ao casamento gay.

“Há um acerto de contas porque os tribunais da terra aprovaram uma lei para tirar a vida de uma criança, e que o casamento, como sabemos, se transformou em algo que nunca conhecemos”.

É importante observar que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é legal na China, Itália e Irã – os três países que foram mais afetados pelo coronavírus.