Jason Collins
Jason Collins - Foto: Instagram

Jason Collins, o primeiro jogador de basquete abertamente gay de uma das quatro principais equipes americanas, revelou que ele e seu parceiro, Brunson Green, testaram positivo para o coronavírus.

Em um post em suas redes sociais, ele explicou: “Testei positivo para COVID19. Acredito que o contraí durante uma viagem a Nova York no início do mês para o jogo do Brooklyn Nets Pride.

“Tive meus primeiros sintomas em 11 de março. Dor de cabeça terrível. Alguns dias depois, tive febre e tosse. No sábado, fui ao pronto-socorro, fiz o teste e conversei com alguns médicos sobre o aperto no peito.”


“Agora estou em casa, descansando, mas ainda sinto um pouco de tensão e posso voltar ao hospital hoje mais tarde. No sábado, meus pulmões estavam limpos, o que obviamente é bom.”

Jason Collins pediu a outros que fiquem seguros: “Por favor, fiquem seguros e mantenham a distância social. Obrigado a todos os profissionais de saúde que são nossos verdadeiros heróis na linha de frente”.

“Por favor, vamos tentar achatar a curva e não sobrecarregar nosso sistema de saúde”.

Jason Collins esteve no jogo Brooklyn Nets Pride para apresentar o Prêmio Jason Collins a Allyn L. Shaw por Coragem e Liderança. O prêmio é concedido a indivíduos ou organizações LGBTQ por sua coragem e liderança em questões de inclusão LGBTQ.