Hugo Bonemer (Reprodução/Instagram)
Hugo Bonemer (Reprodução/Instagram)

O ator Hugo Bonemer confessou que nem sempre o fato de ser gay foi uma questão tranquila em sua vida. Em entrevista à revista Quem, o artista afirmou que chegou a fazer terapia, por ter vergonha.

“Demorei muito tempo para não sentir vergonha de mim mesmo. Fui fazendo muita terapia, conhecendo pessoas maravilhosas que foram me mostrando o quão normal eu era. Fui confiando em pessoas na minha família, que me deram o apoio que eu precisei”, disse o ator que estará em Trolls 2.

Sendo o Carnaval uma época onde a liberdade é uma das questões mais pregadas, Bonemer apontou que isso não impede que momentos homofóbicos ocorram durante a folia brasileira.


“É um momento que as pessoas se soltam, se liberam, mas isso pouco tem a ver com a batalha diária de alguém que está procurando se sentir bem e à vontade com a própria sexualidade”, refletiu. “São coisas diferentes, seria ingênuo da minha parte achar que o mundo mudou para melhor se o Carnaval for bom”, completou.