Joseph Stanislav foi atacado durante as celebrações do Mardi Gras, em sua cidade, Sidney, na Austrália, dentro de sua própria casa, por dois homens que diziam que iam transformá-lo em “uma mulher de verdade”.

Jay Ehlrich, 18, e Thomas Bowen-Hughes, 21, estão presos em flagrante sem poder pagar fiança. Explicando o que aconteceu para o portal Star Observer, Joseph disse: “Senti a lâmina fria entrar diretamente na minha testa, nariz e olhos.

“Eles pediram meu dinheiro e, em seguida, um deles vasculhou minha bolsa de trabalho e minha bolsa de remédios. Eu tinha US$ 150 e um pacote de Valium e Endone na minha bolsa de remédios”.


Os criminosos acreditavam que Joseph tinha mais dinheiro por causa do bairro onde ele morava. No entanto, o ataque piorou depois de um dos agressores ter visto maquiagem na bolsa de Joseph.

Joseph explicou: “Então um dos dois disse ‘O que é isso? Isso é maquiagem, seu viado!” Então os olhos deles ficaram escuros. Os dois olhos ficaram com ódio. Ele me disse para mostrar meu extrato bancário. Eu tive que pegar o meu telefone para obter a declaração, mas quando o peguei, o cara com o cutelo saltou e me bateu na cara”.

“Eu tive que manter minha compostura, caso contrário, esses caras me matariam. Então, um deles levantou a faca e disse: ‘faça o que mandei ou vamos cortar seu pau. Nós vamos fazer de você uma garota de verdade”.

Um amigo de Joseph criou uma página do GoFundMe, onde Joseph disse: “Estou com tanto medo de voltar para casa. Estou totalmente quebrado por fora e por dentro, especialmente meu coração. Eu não desejaria isso ao meu pior inimigo pelo que tive que passar”.

Até o momento, foram doados US $ 1.350 para a página, que tem uma meta de US $ 5.000.