Futebol LGBT
Futebol LGBT (Foto: Reprodução/Internet)

O time de futebol Grêmio se pronunciou sobre o caso de homofobia e racismo que ocorreram na última quinta-feira (11), durante um clássico contra o Internacional, durante a Copa Libertadores da América.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível visualizar dois torcedores se ofendendo. Um dos rapazes chega a imitar um macaco logo após ser chamado pelo termo “gordo baitola”.

Através de uma nota oficial, o clube gaúcho afirmou que tomará as devidas providências e tentará identificar os envolvidos. “Não seremos tolerantes a situações de desrespeito e de discriminação”, disse a nota.


“O Grêmio é o ‘Clube De Todos’ e em nossa instituição não há espaço para atitudes de desrespeito e intolerância. Discriminação é crime no Brasil e uma violação aos Direitos Humanos. Estamos permanentemente alertas e vigilantes”, completou.