Parada LGBT de São Paulo (Reprodução Internet)
Parada LGBT de São Paulo (Reprodução Internet)

O alerta de pandemia do coronavírus tem deixado os mais diversos setores preocupados. Após cancelamento de filmagens e festivais, agora chegou a vez das Paradas LGBTs pelo mundo.

Como intuito de proteger a população, algumas das maiores paradas pelo mundo têm adiado ou cancelado seus eventos, que geralmente ocorrem durante o mês do Orgulho LGBT, celebrado em junho.

O surto gerou o cancelamento das paradas do Reino Unido, Canadá e Austrália. Além disso, eventos como Los Angeles Pride e Miami Beach Pride, nos Estados Unidos, foram adiados.


Aqui no Brasil a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que está prevista para acontecer no dia 14 de junho, ainda não se pronunciou sobre o caso. No entanto, tudo indica que se resolva das mesma forma que as companheiras pelo mundo.

Até a última semana, o Brasil registrou pouco mais de 203 casos de coronavirus, entre eles alguns artistas famosos, como Preta Gil. Especialistas apontam que o pico maior da doença aconteça em três meses no país (Data que estava marcado para ocorrer a parada).