Grindr (Imagem: Divulgação)
Grindr (Imagem: Divulgação)

Depois de ter sido declarado como pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o coronavírus tem assustado muitas pessoas e gerou até mudança na rotina de usuários de aplicativos de pregação gay.

Nesta semana aplicativos como Hornet, Scruf, Grindr e Tinder, enviaram um comunicado para seus usuários, informando sobre os cuidados que cada um deve ter por conta do coronavírus.

“Se você começar a se sentir mal, escute o seu corpo e permaneça em casa”, disse o Grindr. Além disso, o aplicativo também compartilhou algumas orientações passadas pela OMS.


Em falar em pegação e coronavírus, nesta semana uma médica drástica sobre o temido vírus foi tomada pelo prefeito da cidade de Bugliano, na Itália. A fim de proteger a situação de novos contágios, Fabio Buggiani proibiu a prática de orgias e gang-bang dentro do território municipal.