Pete Buttigieg (Reprodução/Twitter)
Pete Buttigieg (Reprodução/Twitter)

O avanço do pré-candidato democrata Pete Buttigieg nas pesquisas para à presidência dos Estados Unidos tem incomodado bastante os setores conservadores do país, principalmente por ele ser abertamente gay.

Na última semana Buttigieg acabou sendo alvo de um comentário homofóbico do radialista Rush Limbaugh, que é um dos apoiadores de Donald Trump. Inclusive, ele já foi condecorado com uma Medalha Presidencial da Liberdade.

“Eles [democratas] estão vendo o prefeito Pete, um sujeito gay de 38 anos, ex-prefeito de South Bend, que gosta de beijar seu marido, e estão dizendo: ‘ok, como é que isso será visto, um homem gay de 38 anos beijando seu marido sobe palco ao lado de Donald Trump, o homem com H maiúsculo? Como é que vai ficar?’”, afirmou Limbaugh em seu programa.


Durante uma entrevista ao programa Fox News Sunday, Pete rebateu o comentário: “Sou casado, numa relação de fidelidade, amor e compromisso. Tenho orgulho do meu casamento e do meu marido”.

“Não vou ouvir sermões sobre valores familiares de gente como Rush Limbaugh ou qualquer pessoa que apoie Donald Trump como líder moral e político dos Estados Unidos”, prosseguiu. “A América já avançou. Precisamos de uma política de pertencimento que acolha a todos.”