Bandeira LGBT
Bandeira LGBT (Foto: divulgação)

Após convocação para decidir sobre um projeto aprovado pelo Parlamento no ano de 2018, os eleitores da Suíça votaram favoravelmente neste domingo (9), à favor de que toda forma de discriminação pela orientação sexual seja punida da mesma forma que o racismo.

O voto “sim” recebeu 63,1% dos votos dos que compareceram às urnas, segundo dados oficiais. Até então, dentro da Suíça, só estavam proibidas por lei a discriminação por razões religiosas, raciais ou contra grupos étnicos.

Com a nova lei, restaurantes, bares, hotéis, transportes e quaisquer outros locais públicos não poderão barrar pessoas por sua orientação sexual. Além disso, a norma pune ofensas e discriminação de qualquer tipo, seja por escrito, por imagens ou por gestos.


As punições não se aplicam apenas nos casos em âmbito familiar ou em grupos de amigos.