Quadrinho clássico do Maurício de Sousa, a personagem Chico Bento, trouxe, pela primeira vez, um casal gay em uma historinha sobre família para explicar o conceito de família. O filho do criador, Mauro Sousa, que é gay assumido, postou em suas redes sociais a novidade.

Em tempo, grandes estúdios do mundo como Disney, Marvel e vários outros, já tiveram seus personagens LGBT e não seria diferente com a Turma da Mônica, maior quadrinho brasileiro de todos os tempos.

Além do lançamento da primeira personagem lésbica da turma da Tina no ano passado, desta vez foi o caipira mais amado do Brasil, Chico Bento, que mostrou em sua historinha, onde conversa com o leitor (provavelmente criança) sobre família.


Criada pelo roteirista Edson Itaborahy, que trabalha para os estúdios de Maurício de Sousa, a imagem da HQ foi postada na Internet por uma internauta e compartilhada em seguida pelo próprio Mauro Sousa, que também trabalha na empresa sendo responsável pela área de shows e eventos.

“Parem tudo o que estão fazendo e vamos apenas aplaudir essa historinha do roteirista Edson Itaborahy e direção de conteúdo da Marina Cameron”, escreveu Mauro em seu post, que já tem centenas de curtidas e compartilhamentos.

Na historinha, Chico Bento mostra que existem famílias de vários formatos: como a sua (de mãe, pai e filho), famílias compostas por uma mãe e um filho, família de pai e filho e famílias sem filho, usando seu típico linguajar caipira: “famía num carece di sê tudo inguar”.