Bandeira LGBT sangrando
Bandeira LGBT sangrando (FOTO: Divulgação)

Na manhã dessa segunda-feira (03), um tenente coronel da reserva remunerada da Polícia Militar foi detido após desentendimento com travesti, em região onde acontecem programas sexuais.

O caso aconteceu no bairro Jardim Potiguar, na região do “Zero KM”, local de prostituição em Várzea Grande. Segundo testemunhas a vítima teria tentado extorquir R$2 mil do tenente que se recusou a pagar o valor exigido.

Após combinar e chegar as vias de fato, o policial agrediu a travesti por se recusar a pagar e a vitima da agressão foi levada ao pronto socorro de Várzea Grande onde foi socorrida.


O policial foi preso e encaminhado a delegacia para prestar depoimento, o caso está sob investigação de Polícia Civil de acordo com o site de notícias O bom da noticia.