foto reprodução

O marido do baterista Sean Reinert contou uma situação inaceitável para seus seguidores após o falecimento de seu companheiro de apenas 48 anos. “Como seu marido, isso me deixa enojado e incrivelmente bravo”, disse.

O caso aconteceu uma hora depois da volta de Tom do hospital. Ele recebeu uma ligação de uma mulher sobre a doação de órgãos do marido. “Após as primeiras perguntas padrões, ela perguntou se Sean era um macho homossexual sexualmente ativo”, começou o relato

Em seguida “sem pensar, respondi ‘sim’ e quase sem perder um segundo ela disse ‘bom, infelizmente isso significa…’ e eu fiquei anestesiado, porque eu sabia o que ela estava prestes a dizer. Ela disse algumas poucas palavras a mais e então eu a interrompi, disse algumas palavras de volta e desliguei o telefone”, conta.


Sean não era portador de HIV e tinha realizado exames recentemente, Tom ainda conclui a postagem declarando sua indignação ao caso. “O governo prefere deixar as pessoas esperando por um transplante morrerem do que dar-lhes um dos órgãos de Sean. Como seu marido, isso me deixa enojado e incrivelmente bravo”, finalizou ele segundo o site de notícias Gazeta Web.