Símbolo de combate ao HIV (Ilustrativa)
Símbolo de combate ao HIV (Ilustrativa)

Segundo o portal de notícias Piauí Hoje, o número de casos de novas infecções de HIV aumentaram no Estado em 50%, em dez anos. Os dados são da Secretaria de Saúde do Piauí.

No ano passado, mais de 750 novos casos foram registrados da doença. Vale lembrar que apesar de não ter cura, e ser uma doença crônica, o tratamento eficaz dá uma vida saudável ao infectado.

A coordenadora de Doenças Transmissíveis da Secretaria de Saúde do Piauí, Karina Amorim comentou e alergia sobre a importância de se cuidar e manter-se ativo com testes anti-HIV.


“Qualquer pessoa que tenha uma vida sexualmente ativa, deve fazer o exame de sífilis, HIV, de Hepatite B e C, pelo menos uma vez ao ano. Não necessariamente esperar sentir algo, ter algum sintoma. Então, é necessário ter esta corresponsabilização pela saúde, buscar fazer a sua rotina de prevenção e de testagem. O preservativo é o carro chefe e ainda é o dispositivo 100% seguro de prevenção de todas as IST. É um chamamento que a gente faz para esta questão do autocuidado”, disse Karina.