Série Love, Victor (Divulgação)
Série Love, Victor (Divulgação)

Nos últimos dias a Disney tem se tornado alvo de grandes críticas nas redes sociais por conta de uma polêmica envolvendo a série Love, Victor – produção derivada do longa Com Amor, Simon.

A empresa tem sido apontada como homofóbica por ter retirado a produção do plataforma de streaming Disney+ e redirecionado para plataforma Hulu. A justificativa seria que a série estava fora dos padrões “família”.

Conforme a Disney, com a transferência de Love, Victor para o Hulu, agora a série poderá ter mais liberdade criativa para tratar de dramas ligados à adolescência, como drogas e sexualidade.


Enquanto isso, o Disney+ vai ficar apenas com produções que serão dedicadas à família, o que já é o público tradicional da casa do Mickey. Séries como PENI5, Grown-ish e Looking For Alaska, também sofreram com a mudança.

Vale lembrar que na adaptação do filme, o personagem Simon não será mais o principal e sim, Victor. O garoto será um novo estudante do colégio Creekwood, que terá que lidar com problemas familiares, desafios da nova cidade e os conflitos em relação a sua orientação sexual. Confuso, o garoto então procura Simon, para ajudá-lo a passar pelo período conturbado.