Eduardo Rius dançando Pabllo Vittar (Reprodução/Instagram)
Eduardo Rius dançando Pabllo Vittar (Reprodução/Instagram)

Eduardo Rius, de 23 anos se formou no último dia 03 de Fevereiro e teve sua tão sonhada colação de grau. A apresentação arrebatadora ao som de “Parabéns” da musa Pabllo Vittar foi planejada anos atrás, e aplaudida por quase todos no local.

“Dançar foi a forma que encontrei para enfrentar o armário em que tentam nos colocar. Enfrentamos preconceito por nossas roupas e trejeitos, a performance afirma quem somos e mostra que não temos medo. Vivemos tempos sombrios e romper as amarras que tentam nos impor é fundamental para exercer a nossa cidadania”, declarou o jovem.

Apesar do espetáculo de 30 segundos em que mal se lembra, ele conta que nem tudo são rosas e que tem recebido muitas ofensas em suas redes sociais, o levando a pensar em acionar o seu advogado.


“Me chamam de lixo, escória da humanidade, falaram que eu deveria ter perdido meu diploma, que eu sou uma vergonha para os meus pais. Essa minha atitude é sobre isso também, é um clamor à liberdade de ser quem se é, de liberdade de expressão”, concluiu Eduardo.