Bandeira LGBT mesclada com a da Escócia
Bandeira LGBT mesclada com a da Escócia (FOTO: Reprodução)

O portal A CAPA, noticiou hoje que a prefeitura de Edimburgo, capital da Escócia, cancelou um evento cristão que pretendia discriminar a comunidade LGBT em seus discursos. Tal evento seria ministrado por Larry Stockstill, um americano da Louisiana (estado sulista do país), e o mesmo aconteceria na casa de shows Usher Hall.

Stockstill participaria de uma exposição religiosa, mas graças às reclamações de ativistas a prefeitura acatou as denuncias e decidiu cancelar o evento.

Segundo o jornal The Times, o religioso Stockstill já disse publicamente que a homossexualidade é “repulsiva” e já a comparou com o “incesto”.


Ainda segundo o The Times, o americano também já afirmou que relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo são “profundamente repugnantes” e “ofensivas”, além de já ter chamado o aborto de “demoníaco” e ter pedido a mulheres não usarem roupas “provocantes”.