Drauzio Varella e Jair Bolsonaro (Reprodução)
Drauzio Varella e Jair Bolsonaro (Reprodução)

Convidado do programa Roda Viva desta segunda-feira (10), o médico Drauzio Varella criticou o presidente Jair Bolsonaro, que recentemente afirmou que “pessoas com HIV são um fardo para o Brasil”.

“Preconceito e desumanidade. Atirar no doente a culpa da doença que ele tem.. A sociedade sempre fez isso. Na Idade Média se fazia isso com a hanseníase. Tuberculose era coisa dos devassos. E na AIDS, é coisa de promíscuos. Cansei de ver senhoras que casaram uma vez na vida e pegaram Aids do marido”, afirmou o médico.

“Essas pessoas não pensam que isso pode acontecer com alguém da família deles. Ele não iria gostar que uma pessoa de sua família fosse tratada dessa forma”, disse Drauzio, que logo e seguida completou: “Uma grosseria [a fala do presidente] que não merece nem ser comentada”.


Nas redes sociais a fala do estudioso, que é um dos mais respeitados do Brasil, foi um dos assuntos mais cometados da noite. “Drauzio Varella tem que sentar com a Damares e o Bolsonaro e falar olha vcs estao fazendo merda”, disse um internauta.

Confira a repercussão: