Visibilidade Trans
Visibilidade Trans (Foto: reprodução)

No estado de Maceió, O documentário chamado TRANSDOC foi pensado, produzido e concluído para mostrar a narrativa de pessoas transexuais perante a uma sociedade retrógrada.

A produção também abordou a problemática da pouca visibilidade a transexuais, principalmente quando se trata de mercado de trabalho, e oportunidades. De acordo com o portal de notícias Cidade Verde.

O objetivo é informar com cautela diversos talentos, conhecimentos, inteligência, e dar ênfase e visibilidade para a população LGBTQI+ que enfrenta diversas situações preconceituosas no dia a dia. O projeto foi transmitido no último sábado (01), na Casa da Cultura.


Vale lembrar que recentemente o Vereador de Sergipe, Camilo, implantou um projeto que ajudará transexuais a ingressarem no mercado de trabalho. “Sua vulnerabilidade decorre de preconceitos estruturais enraizados nos valores cis-heteronormativos. Aquelas que destoam de expressões de gênero normatizadas são lançadas à margem e à negação de direitos”, disse o político.