A cantora Cher
A cantora Cher (Foto: divulgação)

Defensora dos direitos humanos e mãe de um homem transsexual, Cher, é uma usuária assídua do Twitter e nunca perde a oportunidade de cutucar o atual presidente dos Estados Unidas da America, Donald Trump.

Desta vez, a cantora de “Woman’s World” implorou para que Pink reescreve o hit “Dear Mr. President” em “homenagem” a Trump.

Para quem não conhece a música, “Dear Mr. President” foi lançada no ano de 2006 e serviu como uma carta aberta a George W. Bush, então o presidente dos Estados Unidos. Na letra impecável da canção, Pink criticou as políticas e opiniões do governo americano sobre a Guerra do Iraque e a comunidade LGBTQ.


Extremamente politizada e dona de um bom gosto, é claro que Cher não perderia tempo e clamaria por uma nova versão da canção à sua amiga Pink; veja:

Vale lembrar que também pelo Twitter, Cher já chamou o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro de porco e exclamou que o mesmo deveria estar dentro de um prisão.