Homofobia
Homofobia (FOTO: Ilustração)

O engenheiro Márcios dos Santos contou que a proprietária cancelou o contrato após descobrir que ele ia se casar com um homem. Segundo G1, o engenheiro já tinha ido a visitas mas a maioria era sozinho.

Márcios relatou que já tinha levado um eletrodoméstico ao imóvel, mas teve de fazer a retirada depois do cancelamento. As negociações foram feitas por mensagens e visitas no local. Depois do casal ir visitar, a proprietária perguntou se ele ia se casar com uma mulher ou com o “amigo” que foi a visita com ele.

A justificativa para o cancelamento, segundo a dona ela tinha problemas na justiças com o ex-marido e a situação poderia piorar. Vale lembrar que em Junho de 2019 a homofobia foi considerada crime, entrando na lei anti-racismo. Apesar da situação, o casal não quis enquadrá-la na lei.


Mas o susto e o trauma permanecem, ” Seria nosso primeiro lar construído e isso foi desfeito. Qualquer busca que a gente faça do casamento, a gente avisa se tem algum problema de serem dois homens, porque o trauma foi tão grande e a gente não quer ter uma surpresa desagradável”, relatou o engenheiro.