Grindr (Imagem: Divulgação)
Grindr (Imagem: Divulgação)

Não é difícil saber que perfis anônimos são comuns em quase todos os aplicativos de encontros virtuais. O Grindr, aplicativo de encontro gay, não poderia ser diferente. O usuário recebeu uma mensagem anônima para conversar, e logo pediu uma foto para saber com quem estava falando. É aí que acontece a insuperável gafe.

O anônimo ao enviar a foto, acabou mandando o print da tela toda onde na parte de busca estava escrito “fotos de caras normais”. O usuário então retrucou “Estou vendo que você procurou por “fotos de caras normais”, um tempo se passou e naturalmente recebeu um bloqueio como resposta.

O acontecimento foi bem bem comentado nas redes sociais. “Meu deus”, “por isso as poc devem tomar cuidado no Grindr hein”, “eu todinho tentando meter o loko kkkk”, comentaram no Twitter.


Vale lembrar que recentemente uma gangue que agia no aplicativo Grindr foi encontrada pela polícia. Os criminosos enganavam os usuários e os humilhavam em praças públicas.