Paulo Gustavo
Paulo Gustavo (Reprodução/Instagram)

O sucesso do filme “Minha mãe é uma peça 3″, é gigantesco, e superou até mesmo a quantidade de vendas de ingressos do filme “Nada a perder”, do bispo Edir Macedo. O muso Paulo Gustavo afirmou que mesmo assim não se considera no auge da carreira.

“Nossa Senhora, gente. Eu estou muito feliz e não só pelos números, mas por ter levado tanta gente para assistir uma história tão linda de amor, de tolerância e de inclusão”, disse Paulo em entrevista ao Gente IG.

Feliz também de conseguir ser responsável por arrastar tanta gente para assistir o cinema nacional. É um turbilhão de coisas que estou vivendo e estou transbordando de amor”, relatou o famoso.


“É uma história sobre família. E, mais do que isso, é uma história que é totalmente legítima, porque muita coisa eu tirei da minha vida. É o meu filme mais autobiográfico” conta o ator, ao falar que a ideia para as sequências surgem de forma bem natural.