Bandeira LGBT+ Foto/Reprodução
Bandeira LGBT+ Foto/Reprodução

De acordo com o Amazonas Atual, o pastor e deputado Eurico(Patriota-PE), quer anulas o termo homossexuais e transexuais do documenta que guia as profissionais que são agentes de saúde.

O projeto de Lei 5490/19 passa na Câmara dos deputados, e será avaliado por parte das comissões de Direitos Humanos e Minorias, Seguridade Social de Constituição, e Justiça de Cidadania.

“Trata-se da mesma situação, apenas modificando os interlocutores,quais sejam, os grupos homossexuais e transexuais, situação que não justifica a existência do inciso, porque esses interlocutores são biologicamente homens e mulheres”, declarou Eurico.


Para o deputado, não há necessidade de se usar os termos pois o documento já se refere a homens e mulheres. O pastor ainda compara a algo totalmente sem necessidade de existência.