Participantes do BBB 20 (Divulgação)
Participantes do BBB 20 (Divulgação)

Cada um acredita no que quer, mas segundo o pai de santo Alessandro de Oxóssi, no Big Brother Brasil 2020 tem, pelo menos, umas cinco pessoas que são gays. A declaração foi dada ao jornal Meia Hora.

Em entrevista à coluna Que Isso Gordinho, o candomblecista afirmou que a temporada deste ano vai ser muito mais colorida do que a gente imagina. “Tem 5 (gays)… Aguarde e terás surpresa de uma mulher e um preconceituoso”, disse.

“Um Big Brother que vai ser diferente em todas as questões. Vai ter muita polêmica e vai abranger de tal forma, que vai relatar alguns casos, vai levantar algumas questões lá dentro, vai ter alguns diálogos que vão ser bem intencionais com o que estamos passando aqui fora”, diz Alessandro.


Apesar de informar que vai ser um BBB com muita diversidade, o pai de santo chama atenção para o conservadorismo dentro da casa. “Existe um preconceituoso lá dentro que vai fazer a casa virar um inferno. Uma mulher poderá se identificar na sua realidade sexual”, apontou.

Apesar da previsão do religioso, até o momento o programa apenas conta com uma representação da comunidade LGBT+. Se trata da médica ginecologista, Marcela Mc Gowan, que é abertamente bissexual.