Mulher transexual recorreu à Justiça para poder registrar o filho

No dia da Visibilidade Trans, finalmente mais uma mulher trans agora consegue o documento que a declara como mulher. A jovem Mariane deu entrada no documento de mudança de nome e sexo no começo do mês.

A moça conseguiu realizar seu sonho, exatamente hoje, dia 29 de Janeiro, que representa a Visibilidade Trans. O dia ficou marcado após uma campanha que deu visibilidade a essa população.

Mariane Cordon Cáceres, de 21 anos, já era performance em Dourados como Drag Queen Vaiola Parker, em 2018 ganhou o prêmio Miss Gay e se sentiu empoderada o suficiente para se assumir e passar pela transição. Contando com o apoio da família e amigos ela hoje, esboça um grande sorriso no rosto pela conquista.


“Hoje eu me realizei ao ter em minhas mãos um documento que fala de quem realmente eu sou, que diz sobre a MULHER EXTRAORDINÁRIA QUE EU ME TORNEI”, trecho do texto compartilhado nas redes sociais da jovem.