Paulo Vieira
Paulo Vieira (Reprodução/ Globo)

O comediante Paulo Vieira, conhecido por participar do Programa do Porchat (RecordTv), falou pela primeira vez sobre os boatos da sua suposta homossexualidade.

Durante uma entrevista para a jornalista Patrícia Kogout, do jornal O Globo, o artista se mostrou bastante desconstruído com as questões da sexualidade e afirmou que não vê problema em ser chamado de gay.

“Acho motivo de muito prestígio acharem que sou gay. Hoje em dia, o homem hétero está associado a uma série de coisas negativas. Então, para mim, é um elogio. Sempre fui um cara com um lado feminino muito sensível e amigo das mulheres e dos gays”, disse.


O humorista, que recentemente fez um comentário polêmico sobre Jesus ser gay, contou ainda que não segue o padrão heteronormativo e que se considera uma homem desapegado.

“Estou acostumado a esse tipo de preconceito heteronormativo. Para ser hétero, o homem tem que corresponder a uma série de padrões. Eu sou desapegado em relação a isso. Não faço questão de ser chamado de hétero”, declarou.