Ava Moore Foto:reprodução
Ava Moore Foto:reprodução

Ava Moore é uma mulher trans e mora na Irlanda do Norte em County Down. Ela tinha se candidatado a uma vaga de vendedora, antes das festas de fim de ano, do ano passado.

Tudo caminhava bem, a entrevista foi considerada “boa”, e nos testes com os clientes ela também tinha passado. Apesar da boa impressão, a mulher não conseguiu o emprego, e recebeu um email anônimo dizendo que o motivo era por ser trans.

“Fiquei realmente desapontado por não ter conseguido o emprego. Eu pensei que tinha completado uma boa entrevista, que incluía interagir com os clientes na área de vendas[…]Esse trabalho era exatamente o que eu procurava e pensei que seria realmente boa nisso. No entanto, durante o curso da entrevista, senti uma mudança na atmosfera depois de fornecer minha certidão de nascimento, que divulga minha história de gênero e o fato de ser uma mulher trans”, disse a mulher.


Ava conseguiu apoio da Comissão de Igualdade, que entrou em contato com a loja multinacional Debenhams e fez um acordo. De acordo com o Põe na roda, a mulher recebeu uma indenização de 45 mil reais. “Debenhams disse que está disposta a fazer uma parceria com a Comissão para revisar suas políticas, práticas e procedimentos de igualdade de oportunidades. Nos comprometemos com isso e esperamos trabalhar com eles”.