Gemma Watts:Divulgação
Gemma Watts Foto: Divulgação

Uma mulher de 21 anos, se passava por um jovem adolescente para abusar de meninas. A criminosa foi presa no Reino Unido. O caso foi noticiado pela BBC. Gemma Watts de 21 anos assumiu a autoria de sete casos relacionados à violência sexual, no dia 28 de dezembro de 2019.

Ela atraia suas vítimas se passando por “Jake Waton”, ou “Jake Watton” garoto de 16 anos, pelas redes sociais. A mulher trocava fotos íntimas com as vítimas antes de se encontrar com elas.

A investigação começou em 2018 quando uma namorada de “Jake” resolveu denunciar o abuso ao médico. A polícia acredita que mais de 50 vítimas tenham sido abusadas pela criminosa.


A sentença de Gemma saiu dia 10 de Janeiro, e teve seu nome colocado na lista de Registro de Abusadores Sexuais para sempre, mesmo se a criminosa cumprir sua pena. A polícia elogiou a atitude das crianças por buscarem pela justiça e se exporem, e também os familiares pelo apoio.

“As crianças são particularmente vulneráveis ​​à exploração on-line com o aumento do uso de redes sociais e há um risco real de que qualquer contato com um estranho on-line possa levar uma criança a conhecer um agressor pessoalmente”, disse o policial em comunicado aos jornalistas.

Recentemente o ex braço direito do Papa foi sentenciado por abusar de dois garotos. “De forma geral, considero que a culpabilidade nos dois casos é alta”, disse o juiz do caso.