Rafi Peretz (Reprodução/AFP)
Rafi Peretz (Reprodução/AFP)

É nítido que não é só no território nacional, que os políticos são homofóbicos. Após levantar o projeto de cura gay em Israel, o ministro afirmou que seus filhos não são gays, devido a saudável criação que tiveram, e ele completou dizendo “Eles estão construindo suas famílias a partir dos valores judaicos”.

Rafi Peretz foi muito criticado por seus colegas de profissão. O representante trabalhista abertamente gay, Itzik Shmuli, postou uma foto com seu marido e filho e legendou: “É assim que uma família ‘natural e saudável’ se parece”, alfinetando o ministro.

De acordo com o Poẽ na roda, não é a primeira vez que ele faz declarações preconceituosas. Ano passado, ele gerou polêmica ao afirmar que é possível deixar de ser gay.


Falando em Ministro, a atual Ministra Damares Alves recentemente se reuniu com um grupo formado por ex-gays. Os integrantes afirmam que decidiram viver sem a homossexualidade.