Filme Minha Mãe é Uma Peça 3 (Ilustrativa)
Filme Minha Mãe é Uma Peça 3 (Ilustrativa)

A trilogia de sucesso “Minha mãe é uma peça”, com o protagonismo do ator Paulo Gustavo, arranca diversas risadas de milhares de pessoas. Dessa vez, o filme “Minha mãe é uma peça 3”, ultrapassou os números de vendas do filme de Edir Macedo “Nada a perder”.

De acordo com o Papel Pop, a produção se tornou a maior bilheteria do cinema nacional. Os números já passam de 137,9 milhões, superando o sucesso do Bispo da emissora Record TV, que conquistou 120 milhões nas bilheterias.

Vale lembrar que recentemente, o muso Paulo Gustavo foi alvo de polêmica nas redes sociais. Algumas pessoas o questionaram sobre o roteiro não apresentar nenhum beijo gay durante todo o filme, e o chamaram até mesmo de preconceituoso.


Em meio aos comentários, o famoso se pronunciou e disse ser patético acharem que ele é homofóbico. “Fiquei uns cinco dias [sendo] homofóbico na internet. Justo eu que sou uma bandeira ambulante: sou casado com outro homem, tenho filho, faço personagens gays, dou emprego para LGBTs. É patético falar que sou homofóbico”, disse Paulo.