O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)
O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)

O marido da estrela Kim Kardashian, Kanye West, estará no estádio de Tempe no Arizona, sendo mestre de cerimônia de um encontro evangélico anti LGBTQ+. Todo mundo já sabe que Kanye ingressou no mundo do cristianismo recentemente, mas sua postura vem desagradando muitos fãs.

De acordo com o Poẽ na roda, após revelar que participará desse evento cujo integrantes são ninguém menos que: Ché Ahn, Lou Engle e Cindy Jacobs, abertamente declarados homofóbicos e votantes de Trump, o marido de Kim se envolverá em uma nova polêmica.

Outros dois nomes também devem que devem fazer o evento é o de David Herzog e Guillermo Maldonado, sendo que o segundo disse a todos que Trump era um plano de Deus para os Estados Unidos.


Falando em anti-gay, um líder religioso que costumava a escrever nas redes sociais: ““Você não sabe que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não se iluda; nem fornicadores, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem homossexuais”, foi preso por tentar cobrar sexo com garotos no aplicativo Grindr.