Justiça do Rio ordena que saia do ar o especial do Porta dos Fundos com Jesus gay

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em decisão proferida pelo desembargador Benedicto Abicair da 6ª Câmara Cível, nesta terça-feira (7), ficou determinado que o especial de Natal do Porta dos Fundos deve sair do ar.

O especial causou polêmica por tratar narrativas bíblicas com humor e, segundo os críticos, com escárnio o que teria configurado o desrespeito à fé e o excesso da liberdade de expressão, que não é um direito absoluto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O Ministério Público, nos autos originários, opinou pelo deferimento da liminar, por considerar ter havido abuso do direito de liberdade de expressão através do deboche e do escárnio com a fé cristã, e em razão ao risco ao resultado útil do processo, já que a cada dia que filme permanece disponível a fé cristã é aviltada”, justificou Abicair.

Recentemente, o caso expandiu tanto que a página do grupo teve um declínio no que tange ao número de seguidores. Nesse sentido, houve um registro de uma redução de 34,6 mil curtidas, apontados pelo monitoramento Crowdtangle.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio