Jesús Gallardo,
Jesús Gallardo, Foto:reprodução

O lateral esquerdo que joga no Monterrey, da liga MX e pela seleção Mexicana, Jesús Gallardo, foi suspenso no último mês, por comemorar um gol gritando a palavra “Bicha”( puto, em espanhol).

Após a decisão sair, ele fez uma postagem em seu Twitter que declarou não ligar para a represália, “Ni modo”, que equivale a “tanto faz”. Mas a publicação logo foi apagada, seguindo as orientações de seus advogados e assessores.

A seleção Mexicana acumula multas por homofobia, tanto por gritos na torcida, ou pelos próprios jogadores. Para tentar diminuir as multas, a Federação do México deu poder aos árbitros de interromper as partidas caso aja a situação de homofobia.
O clube corre risco de não jogar a Copa do mundo de 2022.


De acordo com o Põe na roda, é considerado crime de homofobia, pois usar o termo “bicha puto”, na intenção de ofender, ou agredir qualquer indivíduo, é uma violação de preconceito.