Bandeira Canadá Foto: reprodução

O Canadá resolveu apurar através de uma pesquisa, a convivência entre pessoas heterossexuais com a comunidade LGBTQ+. Felizmente, de acordo com o Põe na roda, os canadenses não se incomodam com pessoas do meio LGBTQ+.

A porcentagem apurada resultou em 91% de pessoas que afirmaram que não se incomodavam se o seu parente, vizinho ou médico fosse gay e 87% da população não ligaria se o seu vizinho ou conhecido fosse transexual.

“É realmente bom ver a atitude dos canadenses mudando e sendo mais abertos e inclusivos, obviamente, temos mais trabalho a fazer. Mas é definitivamente um passo na direção certa”, disse a defensora dos Direitos humanos do País, Helen Kennedy.


A porta-voz do Gabinete do Conselho Privado também se manifestou: “É por isso que o Ministro da Diversidade e Inclusão e Juventude (Bardish Chagger) recebeu o mandato de consultar representantes da sociedade civil das comunidades LGBTI+ para estabelecer as bases para um plano de ação que guiaria o trabalho do governo federal em questões importantes para os canadenses pertencentes a comunidade”, relatou Stephane Shank.