Estudante Emerson Foto:reprodução
Estudante Emerson Foto:reprodução

Preconceito puro! Um jovem que estuda fisioterapia denunciou e relatou ter sofrido homofobia dentro de um restaurante no estado da Bahia. O preconceito teria sido pelo funcionário do estabelecimento.

O rapaz chamado Emerson de Jesus Mendes, afirmou que no dia 16 de janeiro deste ano, estava com uma colega em um restaurante, quando um funcionário disse a ele que deveria “agir e falar como macho”.

“Nunca me imaginei passando por essa determinada situação. A gente vê casos desses na televisão, mas a gente nunca imaginaria que vai passar pela mesma coisa. Foi a pior sensação da minha vida, foi constrangedor. Marca e não dá para esquecer”, relatou a vítima do preconceito.


De acordo com o G1, o estudante também disse que o funcionário preconceituoso tentou o agredir, mas foi impedido por um outro homem que estava próximo no momento. Emerson afirmou que se sentiu completamente constrangido.