Amanda Nunes
Amanda Nunes (Reprodução/Instagram)

Ultrapassando barreiras no esporte e levantando bandeiras, Amanda Nunes está ganhando cada vez mais notoriedade, sobretudo depois que se tornou a primeira mulher a conquistar dois cinturões do UFC. Vale frisar que Nunes também é conhecida pelo ativismo e, nesse sentido, falou sobre isso e vários outros assuntos em entrevista ao Estado.

“Cada vez mais as pessoas se sentem à vontade para se posicionar. O importante é você viver feliz, do jeito que você é. Para mim, sempre foi muito natural, nunca tentei associar isso com a minha carreira“, ressalta.

Eu vivo a minha vida, sigo meus sonhos e sou gay. Isso é natural. E, se todo mundo encarar dessa forma, as coisas serão bem mais fáceis no futuro”, conta ela, que posou nua recentemente.


A vida do lutador nunca para. Você conquista um cinturão e precisa defendê-lo, precisa defender o seu trabalho. Eu não sei do futuro, mas sei que estou em um caminho muito importante e muito gratificante. Estou bem, então vamos continuar caminhando em frente. E sobre um terceiro cinturão, vamos ver o que a vida vai oferecer para a gente”, diz Amanda sobre os percalços da profissão.