Bandeira trans
Bandeira trans (Foto: Reprodução/Internet)

Para garantir a efetividade de políticas públicas para trans, a cidade de São Paulo realizará um mapeamento eficaz. O principal intento é garantir o Direito à vida e trabalho dessas pessoas que, infelizmente, em sua grande maioria, vivem em situação de vulnerabilidade.

“A população LGBT enfrenta um problema seríssimo na hora de procurar um emprego”, diz Valéria Rodrigues, coordenadora do Instituto Nice. “E nisso a população trans, as travestis e transexuais são muito aceitas nas ruas, mas na hora de conseguir uma vaga de emprego a coisa complica bastante”, afirma em reportagem na TVT.

“Precisa ter condições de pagar o seu aluguel, comer, se vestir e o horário que é para estar estudando ela está nas ruas”, completa a ativista. Além do mais, ela ressalta a importância de oferecer dignidade para essa população, conforme o Rede Brasil pontuou.


Recentemente, também com a intenção de ajudar pessoas trans, o projeto Closet Certo ofereceu a oportunidade de doar roupas, sobretudo àqueles que estão em situação de rua.