Alianças LGBT+ Foto/divulgação.
Alianças LGBT+ Foto/divulgação.

Graças à tecnologia Blockchain, da startup Growth Tech, o casal Diego Vale defensor público, e Guilherme Mesquita médico tenente da força aérea brasileira (FAB), oficializaram o relacionamento de três anos de forma legal e prática. O primeiro casamento gay virtual no Brasil.

“Foi tudo prático e rápido, só precisamos fornecer dados e levar o documento de identificação no dia. A vantagem maior é que o certificado digital é um mecanismo que aumenta a confiança do processo, e que também é possível a verificação de autenticidade online”, declarou Guilherme.

Foto-Reprodução

Segundo a revista digital Metrópoles, para casais se casarem, é necessário criar a identidade digital do casal, escolher o tipo de serviço que deseja e um responder um questionário. Durante a cerimonia, o certificado é gerado alguns minutos após sua realização e pode ser retirado no cartório. Possui validação e assinaturas digitais.


A escolha de casar se tornou viável graças à decisão de mudança de estado por parte de Guilherme, que irá morar com Diego em São Paulo. O casal está junto desde 2016, e agora são oficialmente casados.