Fabio Porchat (Reprodução)
Fabio Porchat (Reprodução)

O humorista Fábio Porchat se pronunciou sobre o ataque terrorista sofrido pela sede do Porta dos Fundos, na última terça-feira (24). Conforme o comediante, o caso fala muito sobre homofobia presente no Brasil.

“Penso que o ódio pelo Especial de Natal diz muito mais sobre quem o repudia do que sobre nós. A homofobia é nítida nesse caso. Para nós, do Porta dos Fundos, ser gay é uma característica como qualquer outra”, declarou Fábio Porchat em entrevista ao jornal O Globo.

O ato criminoso ocorrido acontece após semanas de protestos intensos por parte de conservadores, por conta do novo especial de Natal A Primeira Tentação de Cristo, exibido através do Netflix. No filme, Jesus é um homem gay.


Apesar de diversos pedidos por boicotes, o sucesso da produção fez tanto sucesso, que a Netflix e o Porta dos Fundos já renovaram o contrato, onde já foi encomendado um novo especial de Natal para o ano de 2020.