-transfobia
Em mais ou menos um ano ocorreram 132 mortes por transfobia (Foto Ilustrativa)

Um estudo encomendado pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) aponta um aumento no índice de pessoas mortas por transfobia no Brasil. As informações são do site Metrópoles.

Conforme a instituição Transgender Europe, o número de assassinato por transfobia chegou a ser de 132 de de outubro de 2018 a setembro de 2019 e 163 em todo o ano de 2018. Estes números colocam o Brasil no topo da lista dos países que mais matam por transfobia.

Os dados foram apresentação publicamente durante um seminário realizado na na Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPRJ). Na lista de violência, ainda aparecem o México, em segundo lugar, com cerca de 65 mortes e Estados Unidos, como cerca de 31.


No evento, que ocorreu na última quinta-feira (28), foi apresentado uma parceria da instituição com organizações que lutam a favor de direitos para a comunidade LGBTQ+. O resultado da pesquisa será utilizado pela Defensoria, na busca por ampliar as políticas públicas à comunidade.